Doença de Cushing em cães: sintomas, causas e tratamentos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Twitter

A doença de Cushing ou hiperadrenocorticismo em cães é uma condição causada por um excesso de glândula adrenal que faz com que muitos esteroides e hormônios entrem na corrente sanguínea. Isso pode ser devido a tumores ou crescimento das glândulas supra-renais ou hipófise, além de exposição a corticosteroides e medicamentos.

Embora possa afetar cães de todas as idades, geralmente aparece em cães entre seis e sete anos. A doença geralmente se desenvolve lentamente e pode levar a vários sintomas.

Se você observar sinais da doença de Cushing em seu cão, consulte um veterinário para um diagnóstico correto. Aqui está o que você precisa saber sobre os sintomas, causas e tratamento da doença de Cushing em cães.

Sintomas da doença de Cushing em cães

Doença de Cushing em cães: sintomas, causas e tratamentos

Os sintomas da doença de Cushing em cães podem variar em tipo e gravidade, dependendo de quais hormônios ou órgãos são afetados.

Por exemplo, quando o glicocorticoide um esteroide natural, é afetado, o tecido muscular pode quebrar e a produção de urina pode ficar anormal. Se o sistema imunológico for afetado, pode haver infecções secundárias e se o pâncreas for afetado, os cães podem ter diarreia ou vômito.

Aqui estão alguns sintomas comuns que você pode ver em cães com doença de Cushing:

  • Aumento da sede ou urina

  • Aumento do apetite

  • Vômito

  • Diarreia

  • O abdômen com barriga estendida ou distendida

  • Obesidade

  • Perda de cabelo

  • Pele pálida, descolorida, escamosa ou sem aparência saudável

  • Caroços sob a pele

  • Infecções da pele, ouvidos, trato urinário ou outros locais

  • Hematomas sob a pela

  • Comportamento anormal

  • Convulsões

  • Insônia

Causas da doença de Cushing em cães

Causas da doença de Cushing em cães

A causa mais comum da doença de Cushing em cães é o crescimento da hipófise.

“Embora seja raro, tumores da hipófise também podem causar a doença. Estes representam cerca de 80 à 85% de toda a doença de Cushing que ocorre naturalmente em cães. As glândulas supra-renais são o restante, e as chances de serem benignas ou malignas são as mesmas”.

A doença de Cushing também pode ocorrer naturalmente quando um cão é exposto a medicamentos corticosteroides prescritos para alergias, distúrbios imunológicos, câncer ou inflamação, ou quando desequilíbrios hormonais estão associados a condições como a doença de Addison.

Tratamento para a doença de Cushing em cães

Tratamento para a doença de Cushing em cães

Em cães, a doença de Cushing pode ser tratada clinicamente ou de forma cirúrgica, dependendo da gravidade dos sintomas e da saúde geral do cão.

“O tratamento clinico é feito a base de medicamentos prescrito afim de reduzir o débito adrenal, enquanto o tratamento cirúrgico elimina o crescimento estimulado pela produção excessiva hormonal”.

No entanto, a maioria dos veterinários trata seus pacientes com medicamentos, uma vez que a operação envolve riscos significativos e os veterinários devem usá-los somente quando o tratamento médico for ineficaz.

A doença é difícil de diagnosticar em cães porque não há teste para identificá-la. Os veterinários geralmente realizam vários exames de sangue e urina durante um período de tempo e comparam os resultados aos níveis normais. Se você suspeitar de cushing, um raio-x e / ou ultra-som podem ajudar a detectar a presença ou ausência de um tumor.

Prognóstico para cães com doença de Cushing

“Embora a doença de Cushing raramente seja fatal para os cães, os efeitos colaterais de um sistema imunológico enfraquecido podem tornar os cães mais suscetíveis a outras doenças”.

O principal problema dessa doença é que ele afeta a qualidade de vida do cão. Se você notou que seu cão está tendo alguns dos sintomas da doença de cushing, você deve definitivamente consultar seu veterinário sobre a melhor maneira de fazer seu cão ter uma vida saudável e confortável.

Seu cão sofre da doença de Cushing? Você já faz algum tipo de tratamento com ele? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

MOSTRE ESSE ARTIGO PARA MAIS PESSOAS!

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no WhatsApp
Faça um Pin

VOCÊ TAMBÉM VAI QUERER DE LER SOBRE:

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

SIGA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK