Hipotireoidismo em cães: causas, sintomas e tratamentos!

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Twitter

O hipotireoidismo em cães é um distúrbio que faz com que a glândula tireoide não produza tiroxina suficiente, um hormônio que regula o metabolismo da glândula tireoide. Isso significa que o corpo do cão não consegue converter adequadamente alimentos em combustível.

Idade, raça, estilo de vida e exposição a certas substâncias podem influenciar no aparecimento de hipotireoidismo em cães. Os sintomas podem variar de letargia e ganho de peso a convulsões e problemas cardíacos.

Embora as causas e os sintomas possam ser diferentes, o tratamento é o mesmo para a maioria dos cães. Se você encontrar sintomas em seu cão, consulte seu veterinário para encontrar as melhores opções de tratamento.

Aqui está o que você precisa saber sobre hipotireoidismo em cães.

Causas de hipotireoidismo em cães

Hipotireoidismo em cães: causas, sintomas e tratamentos!

O hipotireoidismo pode afetar qualquer cão, embora seja menos comum em raças pequenas e mais comum em várias raças específicas que tendem a desenvolver a doença com mais facilidade.

Aqui está uma lista das raças mais propensas a ter hipotireoidismo:

  • Airedale Terrier

  • Boxers

  • Cocker Spaniards

  • Dachshunds

  • Doque Alemão

  • Pinscher Doberman

  • Golden e Labrador Retrievers

  • Galgos

  • Setter irlandês

  • Schnauzers miniatura

  • Pastor Inglês

  • Poodle

Cães pastores alemães e raças mistas geralmente são menos suscetíveis ao hipotireoidismo. Os cães costumam desenvolver o hipotireoidismo entre quatro e dez anos.

Mas a raça não é o único fator que causa hipotireoidismo. Fêmeas castradas são mais propensas a desenvolver essa condição do que fêmeas que não são castradas, embora as causas não sejam claras.

A condição pode se desenvolver pelos seguintes motivos:

  • Insuficiência imunológica (tireoidite autoimune)

  • Atrofia do tecido tireoidiano

  • Falta de exercícios

  • Tumor tireoidiano

  • Exposição a medicamentos como esteroides

  • Distúrbios adrenais

Sintomas de hipotireoidismo em cães

Sintomas de hipotireoidismo em cães

O hipotireoidismo em cães afeta o metabolismo de todos os órgãos e do corpo. Por esse motivo, os sintomas podem ser bastante variáveis.

Aqui estão alguns dos sintomas mais comuns:

  • Depressão ou letargia

  • Mudanças de comportamento, incluindo agressão ou ansiedade

  • Inclinação da cabeça

  • Queda de pelos e pelagem fina

  • Dormir frequentemente e perda de interesse em exercícios

  • Pele seca, descolorida ou infectada

  • Ganho de peso e perda muscular

  • Intolerância ao frio

  • Inflamação das orelhas e unhas

  • Batimento cardíaco lento

  • Convulsões

  • Colesterol alto

  • Anemia

Tratamentos para hipotireoidismo em cães

Tratamentos para hipotireoidismo em cães

O hipotireoidismo é tratado diariamente com medicação oral em cães. No entanto, após o diagnóstico da doença, esse tratamento continuará pelo resto da sua vida.

Embora o hipotireoidismo não seja uma condição com risco de vida, um cão que possui pode reduzir significativamente a qualidade de vida. Os veterinários geralmente prescrevem um hormônio sintético chamado levotiroxina ou L-tiroxina, que não é muito caro.

O veterinário deve tomar medidas preventivas, caso o nível de hormônio da tireoide seja baixo afim de interromper o aparecimento do hipotireoidismo. Por exemplo, glândula tireoide e cofatores – tirosina e iodo – podem ser designados para tentar normalizar a produção hormonal.

Eles devem monitorar rigorosamente o sangue do seu cão em busca de sinais de progresso.

Você tem um cachorro que sofre de hipotireoidismo? Como você lida com isso? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

MOSTRE ESSE ARTIGO PARA MAIS PESSOAS!

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no WhatsApp
Faça um Pin

VOCÊ TAMBÉM VAI QUERER DE LER SOBRE:

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

SIGA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK